No dia Mundial dos Doentes com Lepra a Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau pretende invocar a data e sensibilizar a opinião pública para a problemática da doença da lepra em Portugal e no Mundo.

Todos os anos são identificados, comunicados à OMS, mais de 200 mil casos novos de lepra no mundo. Muitos outros ficarão por identificar. A pandemia veio agravara exponenciando as condições de desenvolvimento e propagação da doença. A APARF tem por objetivo social prestar assistência material, sanitária e moral às pessoas afeitadas pela doença de Hansen (lepra), e suas famílias. Promove ações de prevenção, tratamento e cura desta terrível doença, e de outras doenças estigmatizantes, resultantes da pobreza e da falta de condições sanitárias e de alimentação básicas.

Ao longo 35 anos de existência, a APARF apoiou 1 885 projetos, no valor de 19.039.480,68 €, destinados à prevenção, tratamento e cura da doença da lepra. Na sua prevenção: combate à fome, subnutrição e acesso a água potável, no tratamento e na cura: com voluntários no terreno, que identificam a doença, tratam das feridas e providenciam o acompanhamento e a medicação corretos

Categorias: Notícias